Adeus 2011, Feliz ano novo!!!!!!

Mais um ano chega ao fim e meu Deus, como passou rápido!
O ano de 2011 foi muito importante pra mim no sentido profissional, coisas maravilhosas aconteceram e eu só posso agradecer!
Agradecer a Deus, a vocês e ao universo que parece conspirar a meu favor. Muito obrigada!
E o mais incrível é que tudo de maravilhoso que me aconteceu, não estava nos meus planos… Aliás, era completamente diferente do que eu planejava. As vezes a gente passa muito tempo planejando e insistindo em coisas que achamos ser o melhor e acaba que a gente esquece de deixar ‘a vida nos levar’.
Meu desejo para 2012 é que as pessoas planejem menos e façam mais. Assim, as coisas boas acontecerão naturalmente e com certeza serão coisas muito melhores do que as planejadas.
2011 me ensinou a viver em paz, tranquila e não ficar perturbada, correndo atras disso ou daquilo. Eu simplesmente trabalhei e trabalhei bastante. Me dediquei, fiz com amor e.. adivinhem? As coisas aconteceram! Muitas das coisas, nem eu mesma acreditava que estavam acontecendo.
Quando a gente entrega pra Deus, é tudo muito melhor. Tá certo que eu ainda não tenho o carro que quero, não moro na casa que desejo e ainda não pude fazer algumas viagens que gostaria, mas não tenho dúvidas que alcançarei a todos estes objetivos, um a um.
Tô subindo a escada degrau por degrau, sem ficar tentando enxergar o que é que tem lá em cima. Isso não importa agora! Eu aprendi a viver o hoje, pois o amanhã… sabe-se lá! Não vou viver em função de realizar coisas pro futuro, sem me preocupar com a minha felicidade hoje.
Mas este também foi um ano muito difícil em relação a minha vida pessoal, minha saúde…perdi meu avô e tá difícil pra caramba de aceitar…
Claro que sabemos que Deus sabe o que faz e pra ser bem sincera, hoje consigo entender o quanto, muitos dos problemas que passei, me ajudaram a amadurecer e a enxergar muita coisa boa que estava ao meu alcance e eu não percebia.
Meus problemas me mostraram que eu estava seguindo a carreira errada… afastaram de mim pessoas falsas… enfim, uma série de coisas boas.
O problema é que leva tempo pra gente entender tudo isso. Durante uma época eu acordava e pensava “qual será a bomba de hoje”, de tanta coisa que estava dando errado. Mas é como dizia uma amiga minha “quando o estupro é inevitável, relaxa e goza”. E foi mais ou menos isso que fiz, deixei que as coisas acontecessem, já que não havia outra saída.
Chorar, fazer cara feia, brigar, nada disso resolveria. Então já que era preciso passar por isso tudo, tentei encarar da melhor forma que pude. Claro que consequências ficaram, como os muitos quilos a mais que ganhei… mas isso vai embora em 2012!
E tudo o que eu consigo pensar hoje, dia 30.12.11 é “obrigada por ter vindo 2011 você foi um marco em minha vida, mas pode ir embora e aliás, já vai tarde”.
A única saudade deste ano de tantas provações é do meu avô… não está fácil e não será fácil. A cada vez que eu saio no quintal da minha casa e vejo o quintal dele (ele era meu vizinho), meu coração aperta um tanto que nem dá pra explicar.
Hoje completa 7 dias que ele se foi.
São tantas as lembranças… e de pensar que um dia antes dele falecer estávamos rindo a beira da piscina e ele me defendendo da piadinha do marido, tio e primos… haha
E agora só o que posso fazer é orar, orar muito para que ele esteja bem, seja lá onde for. E pedir a Deus que acalme meu coração, pois sei que preciso viver o luto mas não posso deixar que isso me derrube.
Meu avô foi um grande homem, cheio de qualidades e defeitos, como qualquer mortal. Sempre me ajudou muito e foi pra mim um segundo pai, alguém que eu podia sempre contar, alguém que se importava comigo de verdade e que foi o primeiro a perceber os problemas que estava passando, mesmo sem que eu comentasse nada. Muito orgulho de você vô, vá em paz!
Quando a gente perde alguém, fica um vazio tão grande… e aí a gente percebe o quanto as ‘coisas’ que a gente tem, não valem nada. Carro, roupas e sapatos caros, eletrônicos, uma penteadeira lotada de maquiagem… nada disso tem valor!
O valor que fica é do que vivemos com quem amamos, dos bons momentos. Não importa se você viveu isso na Europa ou no quintal de uma casinha velha na periferia.
Eu não quero acumular nada! Quero sim ter minhas conquistas, claro, quero ter e poder oferecer conforto aos meus filhos, mas não quero ser uma louca que trabalha, trabalha, trabalha e acumula, acumula patrimônio. Não quero estar dentro de um carro de 120 mil reais, sozinha e triste. Se eu puder estar com quem amo, dentro de um carrinho popular, já tá bom viu!
Perdoem meu desabafo, mas eu sou como cada uma de vocês, apenas uma mulher de verdade, igual a todas as outras, cheia de alegrias e tristezas. E que apesar de sempre ensinar sobre maquiagem por aqui, volta e meia tô em casa, sem nada de make, cheia de olheiras e descabelada.
Este ano não farei nenhuma promessa na hora da virada e também não farei muitos pedidos. Apenas quero ter paz e saúde. O mais importante é isso, para que a gente possa batalhar pelos nossos objetivos.
Desejos para 2012 eu tenho muitos, mas não vou viver em função de planejamento e metas para atingi-los. Vou trabalhar bastante, me dedicar muito a tudo que faço e continuar fazendo com amor e respeito.
Acreditem, todo o resto é consequência.
Desejo a todos vocês uma ótima noite da virada e um 2012 repleto de paz e amor e claro, muito, muitoooo abençoado por Deus!
Que neste novo ano nós todas possamos ter muito do que queremos e que a gente pare de desejar coisas que não podemos ter e que não precisamos… porque no fim nada disso importa de verdade pra sermos felizes!
Espero poder contar com todos vocês aqui em 2012!

Commentários do Facebook

comentários.

Comentários
  1. Emocionante esse post. Um desabafo que fez subiir uma boliinha aqui na garganta. Flor, desejo do fundo do coração que você tenha um ano maravilhoso. Que você tenha força pra seguir em frente com essa saudade te martelando. Continue amadurecendo suas ideias, seus pensamentos. Que Deus abençoe seu trabalho e esteja a frente do seu 2012. E que esse seu cantinho continue ganhando um grande espaço e que voce tenha muiiita criatividade para continuar nos informando (:
    Feliz 2012

    http://thebluberryon.blogspot.com

  2. Lindo o post!!! Que bom que vc conseguiu ter essa visão.. que no final sempre aprendemos algo.. por mais difícil que a situação seja!
    Sei como é perder alguém tão próximo e querido.. ainda mais que é tão recente o seu! mas tenha fé em Deus que a dor irá dominuir.. e então só restará a saudade dos momentos maravilhosos que passou com seu avô.. e os seus ensinamentos!
    Que em 2012 Deus te cubra de bençãos… Bjão!!!

  3. Eu não tenho costume de comentar, mas esse post realmente me emocionou. Eu perdi minha avó a 12 anos atras e ate hoje so eu sei a falta que ela me faz. Eu vivo com meu avô agora e não consigo me imaginar longe dele, é praticamente meu pai, que me criou e eu devo tudo a ele, então eu imagino o que você ta passando. Tudo de bom nesse ano que esta por vir, vamos ter fe que as coisas vão melhorar (Y) Fica bem ;*

  4. Carol!

    Que Deus conceda a você e sua família paz e conforto.
    Que 2012 seja repleto desta paz que vem do alto e lhe conceda também a graça de conhecer e de nos fazer conhecer as coisas boas que este universo nos propõe.
    Feliz 2012! Beijo

  5. Carol, lindo o seu post. Te desejo muita força para esse ano de 2012. Eu também já perdi alguém muito especial a alguns anos e tenho sempre essa lembrança, essa tristeza de tê-lo perdido, mas tenho fé que ele está em um lugar muito mais abençoado que aqui.

    Um beijo !

  6. Eu posso dizer que sei o que vc está passando. Não com uma pessoa do mesmo grau de parentesco, mas nesta quarta feira que se passou (28/12) perdi meu primo. Um primo que era meu melhor amigo, companheiro e meu irmão caçula. Com apenas 12 anos meu anjinho se foi, agora ele cuidará de todos lá de cima.
    Dói! Uma dor avassaladora que parece nunca ter fim. Um Reveillon sem ele ao meu lado, sem as brincadeiras, sem a gnt juntos…
    Mas farei como vc. Irei orar por ele, por toda minha família que a partir do dia 28/12 passou a precisar de muita, mas muita força.

    Bom 2012.

  7. Carol, adorei o post, e queria te dizer de quem já perdeu o pai 4 meses do casamento, os dois avós num período de 20 dias e uma irmã de 35 anos (num período de 6 anos claro, pq afinal ninguém tem tanto azar assim) a dor passa, no lugar dela vem a saudade e as lembranças boas e então em datas como estas vc fica um pouco mais triste , mas confortada por saber que no céu um anjo olha or vc! Força amiga pq o tempo cura tudo, ansiedade, dor, e nois ensina que a vontade de Deus é sempre sábia! Um grande beijos e feliz 2012 ! Sou sua fã !

Deixe uma resposta